21.5.08


aprisionar em nome
do amor é tão absurdo
quanto matar
em nome de Deus...


(Talvez seja mais hediondo ainda)


2 comentários:

Nadja Reis disse...

Lindo poema! \o/ embora eu não concorde tanto assim com a idéia principal...rsrsrs bjos

Bandys disse...

O amor é liberdade sempre...
Beijos