27.5.08


eu quero mesmo
é um amor explosivo
que dinamite meu tédio
e me abra na face
a cratera de um sorriso


3 comentários:

Bandys disse...

Nossa,
é uma amor agressivo, decisivo,permissivo e vivo!
Se quiser...
um beijo

Jamille Lobato disse...

E quem não quer?

Bjokas

Nadja Reis disse...

Lindo poema!Embora todo amor assim não acabe bem,pois é como diz Vinícius de Moraes:solidão fim de quem ama! bjosss